MANAS EYEWEAR - CNPJ 26.348.764/0001-66 

manasnomapa@gmai.com // (11) 99899-7284

Itatiba - SP (Não realizamos trocas)

Posts Em Destaque
Please reload

|Sobre não saber lidar com a solidão em viagens...| #convidadanomapa

 

Antes de decidir partir pra essa aventura, eu pouco tinha viajado sozinha, salvo uma ou duas viagens curtas pelo Brasil! De certa forma, meu primeiro mês na Europa, não foi uma oportunidade para ficar sozinha, eu me apeguei muito à família que me recebeu em Bordeaux, e fazia a maioria das coisas com eles. No segundo mês, fiz uma viagem de 15 dias e aí sim, experimentei a real. Roma foi a primeira parada. Cidade lotada, grande e caótica. Italianos apressados, metrô lotado, ruas vazias depois das 10 da noite e eu sozinha e ainda fazendo pela primeiras couchsurf na casa de um menino. Muita novidade junta! Não deu outra, surtei! Tudo passou a não ter muita graça. E a ansiedade era tanta, que mal botava o pé na rua, já queria terminar e voltar. Passei a não observar mais os detalhes. A mente ia a mil por hora. Tinha medo de ser roubada, de chamar atenção demais. Achava tudo arriscado... As pessoas adoram contar casos de perigo e violência porque essas histórias vendem mais do que histórias de bondade e confiança. Eu estava usando uma imagem de perigo que criei depois de dar ouvidos à tantas pessoas que diziam que as grandes capitais da Europa estão repletas de batedores de carteira e eu deveria tomar cuidado. Tudo bem, temos que ter atenção sempre. Mas eu não podia deixar aquele medo me impedir de viver a cidade como de fato eu deixei. Ansiedade em viagem, acontece! As vezes, passamos tanto tempo esperando por aquilo que a nossa própria mente acaba se sabotando e colocando muito mais pressão que o necessário, é normal! O que eu fiz para despressurizar? Comecei a escrever... e tudo foi voltando ao normal.
A gente não nasce sabendo lidar com o medo do desconhecido, a gente aprende. Com o tempo, aprendi a conviver melhor com estranhos (pessoas e lugares). Confiando. Por isso digo que uma das maiores lições que aprendi foi essa, confiar! Tanto nos outros como em si mesma. Sabe aquela voz que fala lá dentro da gente? Ela precisa ser ouvida! Permita-se sentir medo, mas não deixe que esse medo te faça prisioneiro!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square