MANAS EYEWEAR - CNPJ 26.348.764/0001-66 

manasnomapa@gmai.com // (11) 99899-7284

Itatiba - SP (Não realizamos trocas)

Posts Em Destaque
Please reload

O que você não pode deixar de ver em Barcelona

January 5, 2019

PARA TUDO! Antes de qualquer coisa, peço a permissão de vocês para começarmos esse post com a música ICÔNICA de Freddie Mercury com a soprano Monserrat Caballé, em frente as fontes do Montjuic, em Barcelona.

 

 

Não houve nenhum momento que eu consegui andar pelas ruas da cidade sem cantarolar essa música.

 

Pronto. Meu momento fã acaba aqui (por enquanto). Agora vamos as atrações imperdíveis da capital da Catalunha.

 

Quantos dias ficar?

 

Bem, acho isso muito relativo. Tudo depende do seu ritmo e interesses na cidade. Eu fiquei 4 dias, e apesar de ter feito quasa tudo que eu tinha planejado, dava pra ficar mais um 3 dias tranquilamente para poder fazer as coisas com mais calma. Ou seja, se planeje para ficar em Barcelona de 4 a 7 dias.

 

Onde se hospedar?

 

O meu foco nessa viagem não era ir para a praia, e sim curtir a cidade. Acabei pegando um Airbnb DO LADO da Sagrada Família. Gostei muito da localização. Próximo de metro, super mercado, farmácia... uma região muito agradável. Porém não recomendo muito apartamento onde eu fiquei. Afinal, eram 7 andares de escada e o banheiro era MINUSCULO. De qualquer forma, vale a pena dar uma olhada nos apartamento por ali, os preços são bem aceitáveis. Paguei R$287,00 para 4 noites.

 

Quanto dinheiro levar?

 

Achei Barcelona uma cidade relativamente cara. Principalmente as atrações turísticas. O bilhete unitário do metro custa EU2,20 e o diário EU8,60. Porém, recomendo fazer o máximo possível a pé. Afinal a cidade é bastante plana e muito gostosa para bater perna. Considerando alimentação, turismo e transporte, gastei em média EU38,00 por dia!

 

AS ATRAÇÕES...

 

Sagrada Familia

 

 

 

A Sagrada família é um marco arquitetônico reconhecido no mundo inteiro. O fato de ela nuna ficar pronta também só aumenta a curiosidade sobre ela. Não deixe de visitá-la por dentro! Eu, particularmente, achei mais bela do que por fora. Tudo em muita harmonia. E a forma como a luz se comporta nos vitrais é de deixar a gente louco!! ⠀

O ingresso incluindo áudio guia custa 13 Euros. Lembre-se de comprar com antecedência, pois as filas são enormes. Quando você compra online, pode escolher o horário de entrada. Isso facilita muito na diminuição das filas. Uma vez lá dentro você pode ficar quanto tempo quiser. O tempo de visita varia muito e pessoa para pessoa, mas eu aconselho reservar 1 hora e meia para conhecer tudo e ainda escutar com atenção o áudio guia.

 

Boatos dizem que a construção da Sagrada família vai se concluir em 2026, centenário da morte de Gaudí. Será? ⠀

 

Casa Battlò e Casa Millà

 

 

 

Ambas são obras primas do arquiteto Antoni Gaudi. É muito interessante visitá-las por dentro e perceber como ele se preocupava com cada detalhe. Como os preços são elevados, decidi visitar apenas uma por dentro: A Casa Battlò.

 

A visita custa 24,50 euros e é possível comprar um Fast Pass por EU5,00 para “furar a fila”. 

 

 

Parc Güell

 

 

 

Não façam como eu e se programem antecipadamente para visitar o Parc Güell. Deixei para última hora e não consegui comprar ingresso. Precisei conhecer apenas por fora.

O parque também foi projetado por Gaudi, em 1900. Também foi local de sua própria residência até 1925. É considerado patrimônio da UNESCO e recebe milhares de turistas diariamente.

 

Na baixa temporada, entre 1 de janeiro e 25 de março, o parque funciona das 8 h 30 min às 19h; de 29 de outubro a 31 de dezembro das 8 h 30 min às 18 h 30 min. Entre 26 de março a 30 de abril os horários são das 8h às 20 h 30 min. Enquanto que na alta temporada entre 1 de maio e 27 de agosto os horários são das 8h às 21 h 30 min. Por fim, na temporada média, do dia 28 de agosto até dia 28 de outubro, os horários são das 8h às 20 h 30 min.

 

A entrada geral custa 7 Euros online e 8 se comprado ali na hora.

 

Bairro Gótico

 

 

 

O gostoso aqui é desligar o GPS e se perder pelas ruas e becos desse bairro incrível. Mesmo não sendo completamente original, e muito menos medieval, como revelaram estudos recentes, o passeio continua sendo um dois mais legais da cidade. 

 

A famosa Catedral de Barcelona fica lá. Ela foi erguida entre os séculos 13 e 15 e é um dos pontos turísticos mais importantes da cidade.

 

Outra atração muito famosa e super "instagramada" do bairro gótico, fica na Rua del Bispo, e é a passarela que liga o Palau de la Generalitat e a Casa dels Canonges.

 

Las Ramblas

 

Las Ramblas é uma via que liga a Praça da Catalunha ao Porto Velho, na Cidade Velha, em Barcelona. Na realidade, são uma série de pequenas ruas que se juntam e ao todo somam 1,2 km de comprimento.

 

Por ser toda arborizada, é muito agradável de caminhar e observar o comercio local e artistas de rua.

 

Mercat de la Boqueria

 

O Mercado La Boqueria é uma ótima opção para matar a fome e conhecer mais sobre a culinária local. São inúmeros quiosques oferecendo os mais diversos produtos.

Porém, independe do horário, o mercado sempre está muito cheio. Se prepare para a muvuca.

 

Praia Barceloneta

 

Como eu disse no incio do post, não tinha o objetivo de curtir as praias de Barcelona, porém passei por algumas. A mais interessante me pareceu ser a Barceloneta. Bastante badalada, com opções de serviço de praia e muita opção de comercio e restaurantes ao redor. Tudo isso sem perder o charme.

 

Parc de la Ciutadella

 

 

 

 

No coração da cidade, esse parque é muito conhecido pelo Arco do Triunfo e pela Fonte Monumental. Esses são realmente pontos muito interessantes, mas o parque tem bastante coisa a oferecer. É inclusive uma ótima opção para quem viaja com criança, já que la´dentro há um zoológico. Vale a pena perder algumas horas nesse belo parque.

 

 

Montjuic e as fontes mágicas

 

 

 

E por último, mas não menos importante, a atração que mais me emocionou na cidade de Barcelona (ok, talvez eu seja cafona demais). comecei a subir o Montjuic a pé no inicio da tarde. Existe um teleférico, mas aqui trabalhamos com contenção de gastos. A subida foi intensa, mas a vista lá de cima valeu a pena. É possível observar quase toda a cidade. Depois, na hora de descer, ao invés de fazer o mesmo caminho, fui em direção ao Museu Nacional de Arte da Catalunia e sentei em seus degraus para aguardar o pôr do sol. Mas sabia o que me aguardava. Por volta das 21 horas o local já estava LO-TA-DO. Eu sem saber o que ia acontecer, me recusei a ir embora. Afinal, se tinha tanta gente ali, algo incrível deveria acontecer. as 21:30 em ponto as fontes foram ligadas acompanhadas de luzes coloridas. E ao fundo, claro, a musica Barcelona que coloquei no inicio desse post. Foi um espetáculo de água a luzes. Do meio da música em diante, acompanhei o espetáculo enquanto descia pelas escadas rolantes nas laterias da fonte. Foi incrível. E realmente MUITO cheio. Confesso que me emocionei e até chorei. Foi uma ótima maneira de encerrar minha viagem pela Espanha. Deixo abaixo a relação de horário do espetáculo.

 

 

 

 

DICAS EXTRAS

 

Apesar de ser uma cidade segura, fique sempre atenta aos seus pertences. Em momento algum me senti insegura em Barcelona, pelo contrário. O clima é super receptivo e é fácil conseguir informações. Para ter internet no celular, eu comprei um SimCard da Lebara por EU15,00 com 4GB que durou meus 15 dias na Espanha.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square